FECOMERCIO POUP_UP
4 rodas
Política

Prof. Júnior Geo solicita nomeação dos aprovados no concurso da Defesa Social e pede apoio dos demais deputados na cobrança

125 pessoas aprovadas para o cargo de agente socioeducativo e 162 para o cargo de agente prisional aguardam há quatro anos pela nomeação e já realizaram o curso de formação.

19/06/2019 14h37Atualizado há 4 semanas
Por: Redação
265

Por Gabriela Melo

O deputado Professor Júnior Geo (PROS) apresentou requerimento na Assembleia Legislativa do Tocantins, nesta quarta-feira, 19, solicitando a nomeação e posse dos aprovados no concurso da Defesa Social, atualmente Secretaria de Cidadania e Justiça. Na ocasião, Geo citou os deputados presentes e pediu que eles intercedessem pelos que esperam pela posse.

“Já acorreu o curso de formação, penso que foi mediante planejamento em função da necessidade. Se houve investimento, se foram chamados, se fizeram um mês de curso de formação em período integral, se abandonaram seus empregos na expectativa de tomar posse depois de serem aprovados num concurso público, qual é a dificuldade em dar posse?”, questionou Geo.

Um dos candidatos aprovados no concurso, Eduardo Fontoura, declarou que nas unidades prisionais há déficit de servidores e 260 contratos que foram alvos de Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público Estadual e Defensoria Pública. Segundo as Comissões dos Representantes, a grande maioria dos aprovados deixaram o emprego e outras atividades para se dedicar ao curso integral, com um mês de duração. A comissão luta para que os candidatos e as famílias deles não sejam prejudicadas.

Para Geo, trata-se de uma dívida com a sociedade tocantinense que precisa ser quitada. O parlamentar citou que os concursados estão acampados na Praça dos Girassóis como um pedido ao governo para que a situação seja vista. “Não faz sentido permanecerem, pais e mães acampados na Praça dos Girassóis, por um direito, mediante aprovação, mediante curso de posse e permanecerem nesta humilhação que se encontram ao lado da Assembleia Legislativa. Por isso, gostaria do apoio de todos para que possamos lutar para que de fato, esse direito seja liquidado com a homologação e posse de todos que lá permanecem”, ressaltou. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.