Polícia

Polícia Civil prende motorista de caminhão limpa-fossa despejando detritos próximo a plantação de legumes no interior do Estado

26/11/2019 09h29
Por: Redação
145

Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Na tarde desta segunda-feira, 25, policiais civis da 38ª Delegacia de Arapoema, comandados pelo delegado Marco Aurélio Barbosa Lima, efetuaram a prisão em flagrante de um indivíduo de iniciais C.R.D.O., por crime ambiental, uma vez que o mesmo estava despejando detritos numa fazenda localizada na zona rural daquele município.

 De acordo com o Delegado Marco Aurélio, o homem tinha acabado de esvaziar uma fossa na cidade de Arapoema e seguiu para uma fazenda onde foi flagrado despejando fezes e urina humanas próximo de plantações de milho, banana e mandioca. Desse modo, o indivíduo foi preso em flagrante por crime ambiental e, se condenado, poderá pegar uma pena de até 05 (cinco) anos de reclusão.

Conforme a autoridade policial, C.R.D.O confessou que o dono da fazenda recebia R$ 300,00 (trezentos reais) para permitir que o caminhão limpa fossa despejasse os detritos em sua fazenda. Diante dos fatos, o fazendeiro também será autuado pelo crime ambiental. Peritos da Polícia Científica e técnicos do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) foram acionados para realizar perícia e, se comprovadas às infrações, emitir as respectivas multas aos envolvidos.

 O caminhão utilizado pelo suspeito na prática delituosa foi apreendido e levado para o pátio da Delegacia de Polícia da cidade.  O homem foi conduzido até a Unidade Policial, onde foi autuado, em flagrante por crime ambiental. Após os procedimentos legais cabíveis, C.R.D.O foi recolhido a Cadeia Pública de Arapoema, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.