Política

Câmara de vereadores de Gurupi suspende atendimento ao público por 30 dias

Servidores que se enquadram no grupo de risco serão liberados para desempenhar suas atividades por meio de serviços remotos.

19/03/2020 08h58
Por: Redação
142

O decreto foi assinado e na tarde de ontem para estabelecer medidas temporárias de prevenção ao contágio do coronavírus (COVID19) considerando no último dia 11 deste mês a Organização Mundial da Saúde declarou pandemia de novo vírus, além dos decretos do Governo do Tocantins e o do Executivo Municipal, declarando situação de emergência.

De acordo com o decreto do presidente da Casa, Wendel Gomides (PDT), a Câmara Municipal funcionará, a partir da próxima segunda, 23, com o mínimo de servidores, em sistema de rodízio. Além disso os servidores com idade acima de 60 anos ou gestantes poderão trabalhar de casa.

A visitação pública as sessões legislativas serão suspensas, bem como o atendimento ao público. O ato entra em vigor a partir da próxima segunda pelo prazo de 30 dias, podendo ser prorrogado caso seja necessário. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.